quarta-feira, setembro 19, 2007

Entrevista de um amigo

Um grande amigo nosso, recentemente conseguiu o CSQ depois de uma grande batalha.
Acompanhamos todo o seu processo desde as aulas de francês até o preparatório para a entrevista. Estamos muito feliz pelo seu sucesso pois sabemos que esta família merece muito.
Como eles não tem blog, pedimos para ele fazer um relato para colocarmos no nosso.
Sei que esta fase de entrevistas já acabou, mas acho que mesmo assim as informações que ele passou serão importantes para aqueles que ainda estão se preparando.
Então, segue o seu depoimento.
GRANDE OTÁVIO. PARABÉNS!!!!

Bom,
Vamos lá!

Gostaria de deixar aos interessados no processo do Quebec alguns comentários sobre a entrevista de São Paulo:
O entrevistador, Carl Teixeira, fala muito bem inglês, francês, espanhol e português. Nossa entrevista foi iniciada em francês, houve uma pergunta em inglês e uns comentários/comparações em espanhol e o restante em português! foi fantástico!
Quanto ao conteúdo, nossa! foi nuito extenso e complexo! mas, em suma, a única coisa que ele quer saber é se os candidatos sabem realmente o que vai fazer por lá: em que vai trabalhar, se o segmento de trabalho é regulamentado, se for, quais são os passos e o custo pra isto, etc. Foi dada uma ênfase no currículo: saber dizer sua experiência, seus "afazeres" profissionais, cursos superiores e pós graduações. O trabalho dele é preencher aquele mesmo formulário que foi enviado pra BA e ele sempre explicando/detalhando cada item preenchido, nada mais.
Quanto a projeto, impressões de vagas de emprego, moradia, planilha de custos, etc, etc, etc... nem quis olhar! e retrucou que a única coisa que interessa a eles é o formulário preenchido... pois uma vez assinado vc é responsável pelas informações dadas! exemplo: ao assinar que tem condições financeiras pra imigrar (um dos formulários), ele não quer nem saber cadê o dinheiro declarado nem nada. Nesse caso ele até informa se está levando pouco dinheiro pra recomeçar sua vida ou se o montante é suficiente - segundo a opinião dele e projetando um padrão de vida classe média (assalariada) seria em torno de CAN$2500/mês em Montreal ou outra cidade de grande porte.
No item de conhecimento da língua francesa, aviso que as declarações de professores, instituições novas, etc, eles aceitam mas não reconhecem. Vão passar por um crivo maior! A única instituição reconhecida por eles, por melhor se assemelhar à lingua francesa do Canadá, é a Aliança Francesa. Portanto, antes de ir pra entrevista passem na Aliança e faça um teste de nível e peguem uma "ATESTATION" de quantas horas de francês vc tem como conhecimento da língua. Se possuem diplomas com notas, lembrem-se que passar não é suficiente na cultura deles! um aproveitamento inferior a 80% é lamentável...
É isso aí!
Agora é preparar o processo federal ...

Qquer dúvida estou a disposição no
LNN62@HOTMAIL.COM, não tenho nenhum blog.

Abraço,
Otávio
.

4 comentários:

Wellington Bendito da Silva disse...

Rogério e Luciane, Boa tarde li este post e fiquei muito assustado com o entrevistador quando diz que é necessário pelo menos CAD$ 2.500,00 pra viver um mês em cidades grandes do Québec, isto me assusta. Como você sabe, estou no 4º Periodo de farmácia e tenho dois empregos públicos, senão jamais poderia pagar minha faculdade. sou téc de Análises Clínicas. O que vocês acham: se estivesse um amigo que fizesse um carta onde ele diz que me abriga, até eu arrumar um emprego, em sua casa, isto iria facilitar ou não? Estou juntando todas as minhas economias, por que sei que os gastos, investimentos são grandes... Tenho dinheiro da entrevista, CAD$ 390,00, passaporte, Passagens ida e vinda, e outros mas 2.500,00, me assustei con tal fortuna... Quando li sei depoimento de sua entrevista adorei sua perfomace em buscar informações e ter mostrado o mapa de Québec em sua entrevista. Servirá de sugestão para minha, desde então devo colher as minha informações para tentar impressionar o tal entrevisatador. Queria saber se sua entrevista se deu toda em francês??? Grato Wellington Benedito

Valéria disse...

OLá amigos,

Adoramos encontrar vcs ontem!!!!!!
Foi muito divertido, e sempre é bom ter vcs como companhia.
Nos divertimos a beça :)
Desejamos muitas felicidades a vcs sempre!

Que bom que o otávio passou, já me comuniquei com ele via email, mande pra ele nossos parabéns!

Um grande beijo,

Alexandre, Valéria e filhos.

Ricardo disse...

Ola amigos, valeu pelos elogios feitos ao novo visual do nosso blog.
Muito bom esse relato do amigo de vcs, muito bacana mesmo, gostei mesmo. Meus parabéns a eles por passarem na entrevista.
Um grande abraço pra vcs e fiquem com Deus.

Celso - Brasilia disse...

Caro Rogério,

Este relato do seu amigo me deixou ainda mais intrigado sobre quais os critérios que o meu entrevistador utilizou, eu já percebí que o resultado vai de acordo com o entrevistador. Eu pensei, a princípio, que teria sido a idade (43), mas já ví pessoas da mesma idade e perfil muito semelhantes serem aprovadas.
Bom, mágoas do processo a parte, quero te dizer que estou indo para Montreal no dia 08/03 e ficarei por lá até setembro, já confirmei passagens, escola de línguas e vou ficar hospedado em uma casa de família canadense. se você for para lá nesse período terei o maior prazer de marcar de nos encontrarmos para um bom papo.
Fico muito feliz de ver o seu processo de imigração caminhando positivamente, mais uma vez desejo toda sorte do mundo para vocês.
Parabéns pelo novo layout do site, ficou bem Brasileirão!!!

Um grande abraço,

Celso Arrais