sábado, maio 23, 2009

Um Meio ou uma Desculpa

Este post é uma homenagem que faço com grande felicidade para o meu amigo e futuro Dentista brasileiro trabalhando no Canadá, Dr. José Roberto.

Enquanto muitos ficaram falando que seria impossível, ele foi lá e fez acontecer.
Calou a boca de muita gente. Provou que com esforço e dedicação é possível que nossos sonhos se transformem em realidade.

Enquanto muitos ficam achando uma desculpa para justificar seus fracassos, outros procuram meios de atingir seus objetivos.

É um vencedor e eu gosto de conviver com vencedores. É um grande amigo e eu gosto de conviver com meus amigos. Parabéns, Zé.!!!

Que esta vitória traga muitas realizações para a você e sua família.

A você e a todos aqueles que estão em busca de seus sonhos e realizações, eu dedico este texto do Roberto Shinyashiki.

Abraços

Um MEIO ou uma DESCULPA?
Por Roberto Shinyashiki
Não conheço ninguém que conseguiu realizar um sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.
Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.
Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.
O sucesso é construído á noite! Durante o dia você faz o que todos fazem.
Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.
Não se compare com a maioria, pois, infelizmente ela não é modelo de sucesso.
Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chopp com batatas fritas.
Terá de planejar, enquanto os outros permanecem á frente da televisão.
Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol á beira da piscina.
A realização de um sonho depende da dedicação.
Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está, em verdade a ilusão é combustível dos perdedores, pois...
Quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO.
Quem não quer fazer nada, encontra uma DESCULPA.

7 comentários:

José Roberto disse...

Olá Amigo!!!

Fico até emocionado com suas palavras, e mais uma vez vc está certíssimo! Todo o nosso processo foi muito planejado, eu certamente não viria pra cá se não pudesse estudar para a prova. Dinheiro é importante? Sim, e foi por isso que nos sacrificamos para que tivessemos uma boa "reserva financeira" que o anônimo escreveu. Mas uma coisa ele errou, ao dizer que não trabalhava... E minhas idas e vindas mensais ao Brasil? Ele deve ter se esquecido deste detalhe. Muito obrigado Rogério, pela sua amizade e palavras de incentivo. Com certeza lembrei muito de vcs na hora da prova, quando me deu um desânimo ao me deparar novamente com aquela situação.
Vc é realmente "o cara"!!!
Abração!

LiliX disse...

Parabens ao seu amigo!
Quem quer, faz. como já dizia minha vó.....heheheh
Lindo texto!
:)

Antonio e Paty disse...

Lindo o texto. Reflete muito a realidade de alguns imigrantes. Quem quer realizar um sonho tem que partir para a ação.
Parabéns ao amigo pela conquista!

Abç

Cristina e Carlos André disse...

Meus parabéns pelas reais palavras... Eu fiquei tocada e concordo com vc.
Estou nessa fase de sacrifícios para a imigração e muitas gente fala bobagens.
Mas não desisto do meu sonho e felicidades para aqueles, como seu amigo dentista q chegou lá...
Eu e minha família também vamos chegar lá.

flavio_freitas disse...

Ola.
Realmente tem muita gente que precisa ler esse texto.
E quanto ao Jose Roberto (dentista também é Dr?), que comece logo a prática para arrebatar a clientela brasuca.
[][]
Flavio

Camila disse...

Parabens Rogerio pela postagem,
as pessoas tem que parar de associar conquista com sorte. Para que o JR passasse, precisamos de abdicar de muita coisa, tivemos que viver realmente em função de uma prova ( foram 10 meses de espera, 9 meses de estudo intensivo ). Meu marido teve que varar noites, ser persistente e determinado...
Mas, quem planta colhe e melhor ainda, nos todos de casa vivenciamos uma conquista muito esperada e definitivamente tivemos a certeza de que podemos sim, nos imigrantes, fazer uma diferença nesse pais.
bj, Camila

André disse...

Olá Rogerio e Luciane,

Eu e minha noiva estamos pensando seriamente em nos mudar para o Canadá assim que tivermos um nível pelo menos razoável de francês. Encontrei seu blog durante uma pesquisa e estou gostando muito do conteúdo, parabéns!
Quanto ao texto "um meio ou uma desculpa", é a mais pura verdade!

Abraços,

André e Patrícia