terça-feira, junho 24, 2008

Conseguindo o emprego - 2a. parte

Olá meus amigos,

Continuando a descrever a minha experiência para conseguir o primeiro emprego, quero falar um pouco das entrevistas.

Como eu falei no post anterior, assim que eu cheguei ao Canadá eu já comecei a enviar meus Curriculos para as empresas que estavam procurando profissionais com a minha qualificação.

Na primeira semana eu já recebi um telefonema para a minha primeira entrevista.

Aí vem a boa e a má notícia.

A boa notícia é que aparentemente o meu currículo estava agradando a alguém a ponto deles me chamarem para uma entrevista. A má notícia é que aqui no Canadá quase sempre eles fazem uma entrevista preliminar POR TELEFONE.

Portanto, estejam preparados. Não é nada fácil fazer uma entrevista de trabalho por telefone.

Quando você está diante de uma pessoa, você gesticula, você desenha, você tenta se expressar de alguma maneira... se não entende, faz uma cara de “o que você disse???... eu não entendi???”. Mas por telefone a coisa muda de figura.

Não vou relatar todas as minhas 26 entrevistas por telefone nem todas as 23 que fiz pessoalmente, mas posso dizer uma coisa: as primeiras são terríveis. Depois com o tempo você vai ficando mais esperto e as perguntas não parecem um bicho-papão... aí dá para conversar mais tranquilamente.

Algumas observações:

1. Existem algumas perguntas clássicas que todos devem ter a resposta na ponta da língua:
- Porque você escolheu vir morar em Montreal?
- Me fale um pouco da sua experiência no Brasil
- Por que você acha que é um bom candidato para esta posição?

2. É claro que existem variações destas perguntas, mas em geral eles vão querer saber a resposta de todas elas e de mais umas outras relativas à sua profissão.

3. Outra coisa muito importante: Conheça muito bem a empresa para a qual está se candidatando. Saiba qual é o negócio principal, seus concorrentes, seus projetos, sua filosofia, etc. Em quase todas as entrevistas eles me perguntaram o que eu sabia da empresa. Em uma empresa ZZZ eu não tive tempo de pesquisar porque fui chamado às pressas e não deu outra. Na segunda pergunta, o recrutador perguntou: Você saberia dizer qual é o nosso negócio?... Quem disse que eu sabia..... tentei enrolar, mas não adiantou. Disse a eles: infelizmente eu não conheço muito bem sua empresa porque estou em Montreal há pouco tempo. Resposta do recrutador: “STRIKE ONE!!!”... Precisa explicar o que significa isto????

4. Não vá para as entrevistas mal vestido. Apesar de muitas vezes o ambiente na empresa ser informal, eles gostam muito de ver a pessoa bem vestida na entrevista

5. Não se preocupe em trocar de idioma se for para explicar suas competências. Se você fala melhor o inglês do que o francês, fale em inglês... ou vice-versa, a menos que o entrevistador lhe diga em que idioma ele quer que você responda.

6. Se a entrevista demorar menos do que 30 minutos... a entrevista não foi boa. Se demorar mais de uma hora... a entrevista foi boa. ISTO NÃO É REGRA!!! Eles são muito objetivos aqui no Canadá. Se estiverem gostando, vão aprofundar os conhecimentos. Se não estiverem gostando, eles vão encerrar a conversa e pronto.

7. No final de uma entrevista, eles sempre vão te deixar à vontade para fazer alguma pergunta. PERGUNTE ALGUMA COISA, SEMPRE. Não diga: Eu não tenho nada para perguntar. Elabore uma lista com algumas perguntas básicas sobre a instituição, o cargo, as condições de trabalho, etc, mas faça alguma pergunta sempre que eles te derem esta chance. Isto diz muito ao entrevistador.

Agora o mais importante: FAÇA O ACOMPANHAMENTO DA ENTREVISTA.

Sempre que terminar uma entrevista, tente saber com o recrutador quais serão os próximos passos. Se ainda não pegou o telefone e o e-mail dele, PEGUE.

Pergunte se você pode ligar para eles dentro de alguns dias (especifique quando) para saber o andamento do processo, mas SEMPRE volte a conversar com eles.

Se você deixar por conta deles..... meu amigo.... senta e relaxa!!!. Eles dificilmente vão te ligar de novo. É uma coisa que ainda não está bem esclarecida na minha cabeça esta forma de tratar os candidatos, mas eles ADORAM que você fique no pé deles atrás da vaga. É um saco para nós que não estamos acostumados, mas sem este acompanhamento.... NECAS DE TRABALHO.

Por último, vale a dica da biblioteca novamente. Existem diversos livros do tipo: Como fazer uma entrevista de trabalho, Como se portar diante de um entrevistador, etc, etc, etc....Pegue alguns destes livros e leia para saber como responder às diversas perguntas.

Ahhh... já ia me esquecendo... uma contratação aqui no Canadá... D E M O R A. Quanto maior o cargo, mais demorado é o processo. A menos que você seja O CARA, eles vão entrevistar vários outros até voltar a entrar em contato novamente. Já ouvi inclusive, uma pessoa que trabalha na área me falar que eles tem metas para cumprir em relação às entrevistas, ou seja, tem que entrevistar mesmo que não haja vaga. Portanto, não se iluda que só porque você foi chamado para uma entrevista, o cargo já é seu. Ainda falta um bom caminho até assinar um contrato de trabalho.

Mas eu vou continuar no próximo post... este relato está parecendo um livro em capítulos. Tomara que alguém ainda esteja lendo até aqui....

Grande abraço.

7 comentários:

Leslie disse...

Excelente post. Obrigado pelas dicas claras e elucidativas.
Sucesso pra vcs, tanto profissional, mas principalmente, na vida!!!

abçs

Mariana disse...

Rogério,

Acompanho o blog de vcs há um bom tempo e queria deixar os parabéns pelos posts que vc se propôs a escrever sobre o primeiro emprego. É um assunto que me preocupa muito e suas dicas estão sendo muito bem absorvidas e aproveitadas! Nem todos têm essa paciência ou conseguem passar a informação de uma forma tão realista e gostosa de ler.

Abraços,
Mariana

Eduardo disse...

Olá Rogério... não sei se vc lembra de mim... Sou Eduardo, amigo do Wellington de Brasília.. muito legal ver seu sucesso aqui no Canadá... estou aqui em Ville de Québec correndo atrás tb.... espero conseguir mas desde já muuiiito obrigado pelo post, pode ter certeza que está sendo bem útil, comprei um cel aqui só pra esperar essa ligação e toda vez que o tel toca bate aquela preocupação de não conseguir se comunicar.. heheheh
Abraços
Eduardo

Anônimo disse...

Ola Rogerio e Luciane,
Nos acabamos de tirar alguns bons minutos (haja minutos) para poder esta atualizado com os acontecimentos do seu primeiro emprego, esperamos que voce continue escrevendo "tudo" detalhadamente, bem, quando digo TUDO eu bem sei que muitas particularidades nao se pode revelar pois sao totalmente pertinentes apenas a vida do casal.

Eu sou da area da aviacao e gracas do meu bom Deus comigo fui abencoado logo na segunda semana, trabalhei sob contrato em uma companhia aerea em Montreal, estavam falando em efetivar-me mas eu ja estou nessa area a mais de 25 anos e gostaria de ficar na area, porem fazendo alguma coisa diferente, foi ai que vinhemos para Laval e ainda nem completei um mes aqui em Laval e ja estou trabalhando na area de aviacao exatamente no que eu estava almejando tando.
Se for possivel entre em contato comigo pelo e-amail erivaldo5@yahoo.com ou pelo telefone residencial(450)934.1929, se nao estiver em casa deixa recado porque estamos na busca do emprego para a esposa, ainda tem o nosso blog http://eri-edi.blogspot.com
Um assunto que quero tratar com voce eh sobre "filtrar" as informacoes que tenho em relacao ao primeiro emprego, ja estou no segundo em menos de 3 meses no Canada, quero passar isso para as pessoas e gostaria de colher algumas "sugestoes" suas.

Erivaldo & Edjane

Nós4 disse...

Muito booom,

Levei uns bons minutos, mas foi uma leitura muito divetida e instrutiva. Chegaremos em Montreal no início de agosto e a ansiedade devido a grande mudança é inevitável. Sou da área de TI também e suas dicas com certeza contribuirão bastante na minha preparação para o 1° emprego. Parabéns pelo emprego e pelo blog também, seus post estão excelentes.
Temos um blog e vamos adicioná-lo a nossa lista ;)

Hamilton e Dani
www.nos4rumoaquebec.blogspot.com

Anônimo disse...

Parabéns! Não importa se é longo ou não. Quem tem interesse lê sem reclamar e vem agradecer pq, embora seja uma experiência pessoal, certamente ajuda e nos leva a refletir sobre certas distinções entre Canadá e Brasil que, aos poucos, acabaremos por entender.

Parabéns novamente! Sucesso e obrigado!

Eddie!!

Thiago disse...

Rodrigo,

Quanto mais você falar sobre este assunto eu vou ler, as dicas são muito boas e eu fico me imaginando neste processo, que será em breve.