segunda-feira, junho 16, 2008

3 meses de Canadá..

Já se passaram 3 meses.....
Já se passaram 90 dias....
Já se passaram 2160 horas....
Já se passaram 129.000 minutos.
Mas a sensação é de que estamos aqui há mais de 01 ano.
Algumas conclusões depois de três meses....
- Já passamos pela fase de descompressão. O início é a fase de compressão... tudo é complicado, o idioma é sempre um problema, a cultura é desconhecida.
Hoje já podemos dizer que o idioma não causa mais medo. Isto não significa que já estamos dominando o francês ou o inglês, mas que já não temos medo de falar, de conversar com as pessoas, de perguntar e se informar sobre as coisas por aqui.
- Já passamos pela fase de identificação. Toda a documentação já está pronta... quer dizer ... QUASE toda a documentação. Ainda falta a bendita carteira de motorista. Esta ainda deve demorar mais uns dias... não tem mais vaga para fazer o exame pelos próximos 30 ~60 dias. Já estamos com nossa carteira de saúde, nossa carteira de residentes e com o nosso seguro social.
- Já passamos pela fase de entrar na francisação. Eu já estou estudando e a Lú começa esta semana. O curso de francês é um grande avanço por aqui porque vc além de ter a oportunidade de estudar e ganhar um dinheirinho, ainda fica sabendo de muitas coisas sobre a cidade.
- Já passamos pela fase de arrumar um lugar para morar. Já conseguimos fechar um contrato de aluguel para os próximos 12 meses. Vamos morar em uma cidade perto que se chama Laval. Para quem é de Brasíllia é como se fosse a distância entre o Plano Piloto e Taguatinga.
- Ainda não passamos pela fase do emprego. Mas este dia está bem próximo... aguardem para breve novas notícias.
- Ainda não passamos pela fase de conhecer bem a cidade. A cada dia que passa a gente descobre uma coisa nova. A cidade é muito grande e tem de tudo. É impressionante como a gente dando uma simples caminhada pelas ruas, se depara com lojas imensas, restaurantes super transados, lugares aconchegantes.... tem pra todos os gostos e pra todos os bolsos. Realmente é uma cidade voltada para a cultura e o lazer.
- Ainda não passamos pela fase de falar à vontade. O idioma apesar de não fazer tanta pressão ainda é algo que nos faz muita falta. São coisas simples que mostram isto... ouvir uma televisão, ir ao cinema, conversar com um estranho, fazer uma entrevista de emprego... sempre esbarramos na dificuldade de comunicação. A melhor coisa é relaxar.. o pessoal daqui, até agora, tem se demonstrado muito educado e sempre dispostos a nos entender. O negócio é praticar o máximo possível.
O que faria diferente se tivesse que começar de novo, IMPORTANTÍSSIMO:
- Traria mais dinheiro
- Estudaria mais francês e inglês
- Economizaria para vir com mais dinheiro
- Aproveitaria melhor o tempo para aprender o máximo o francês e o inglês
- Não gastaria com bobagens para ter mais dinheiro
- Tentaria conversar o máximo possível com meus professores para melhorar os idiomas
Agora falando de outras coisas menos importantes....
- Não recomendo fazer um passeio de férias antes de imigrar. Nós ficamos quase três meses passeando e curtindo antes de imigrarmos. Estes passeios podem ser feitos depois que as coisas estiverem certas por aqui. Quando se tira férias antes, não se aproveita o máximo (pq a cabeça está no Canadá), gasta-se muito e tira o foco do principal que é a imigração.
- Façam um planejamento para não precisarem de trabalhar por pelo menos uns cinco ou seis meses. Para aqueles que tem família com filhos, é muito importante fazer uma reserva financeira.
- Nossa experiência aqui é que durante os primeiros três meses, uma pessoa vai precisar de aproximadamente uns 10.000 a 15.000 dólares para não ficar apertado e poder montar um apartamento mais ou menos. Isto inclui: aluguel, mobília, alimentação, transporte (não estou falando de carro), computador, alguns passeios (isto é muito importante para relaxar), e a possibilidade de ter que morar em um lugar caro no início até encontrar algo mais em conta.
- Depois que já estiver mais estabelecido, um orçamento de uns 2.500 a 3.500 dependendo do tamanho da família vai dar para viver tranquilo.
- Estejam preparados para falar ao telefone. TUDO... SIMPLESMENTE TUDO é feito por telefone ou através de um agendamento... por telefone.
- Saúde.. é complicado. Graças à Deus ainda não precisamos de usar o serviço médico, mas temos visto que a coisa é difícil. Não tem solução fácil.
- Escola.. é outro assunto complicado. Para quem tem crianças muito pequenas que precisam de Garderie, atenção. Não tem vagas dando sopa... tem que correr atrás.. pode dar sorte como pode levar meses até achar uma vaga. Outra coisa, procurem se informar muito bem sobre o modelo de ensino canadense... é diferente do Brasil e a equivalência não é a mesma.
- Segurança. Tranquilo.... quase não ouvimos falar de assaltos. Roubo até tem... de bicicleta, de rádio de carro, etc... mas totalmente tranquilo.
- Transporte. Também é tranquilo... temos usado ônibus e metrô sem problemas. Dá pra ir quase que a todos os lugares com eles.
Bem.. saldo de três meses.... POSITIVO. Estamos gostando muito da cidade e não tivemos grandes problemas até agora. É claro que não é um paraíso, mas a cidade e a população nos surpreendem a cada dia.
E que venham os próximos três meses.
À bientôt.
Vista de Montréal
Procurei tirar uma panorâmica da cidade vista do Mont Royal....
Olhando de cima do morro da direita pra esquerda....

foto 01
foto 02
foto 03
foto 04

7 comentários:

Wellington disse...

amigos do coração...
ótimo post, útil e verdadeiro
abraço

José Roberto disse...

Olá amigos!

Ótimas dicas, pena que já estamos em cima da mudança para poder treinar mais os idomas!
Um abração no coração!

José Roberto e Camila

Sandro e Família disse...

Muito bom o descritivo dos 3 primeiros meses em Montreal, e gostei das dicas quando falam o que fariam diferente pois com certeza ajudarão pessoas que ainda chegarão no Canadá.
Que venham os próximos meses e temos certeza que o saldo continuará sendo POSITIVO.

Abração

primaujp disse...

Ola Rogério,
Resumiu muito bem !!! Verdadeiramente é isso que encontramos por aqui. Vale reforçar que aqui pra se conseguir as coisas tem que correr atras (em tudo, até pra carregar os moveis do Ikea, hehehe..), insistir, tentar todas as alternativas (foi assim que consegui a Garderie). E pra tentar, argumentar, explicar precisa mesmo do francês num nivel acima do " bonjour " !!!!
Mas aos poucos as coisas vao tomando formato. Outra coisa boa sao os novos amigos que vamos encontrando por aqui, nao é? (alias obrigadao pelos carrinhos, o Ju nao desgruda deles).
Concordo quando vc diz que o saldo é positivo. Vamos em frente e com certeza logo teremos varias festinhas pra comemorar as BOAS NOTICIAS!!!!
Bjo pra vcs,
Pri, Mau e JP

Nanda&Junior disse...

Esse foi um dos melhores post que ja li, pois todos que chegam falam da cidade, das novidades etc. e esquecem de dizer quanto se gasta pra viver desempregado nos primeiros meses,fator importantissímo.Parabéns, que Deus abençoe vcs, tb somos de brasília e iniciamos o processo a pouco tempo.
Um abraço, Júnior e Nanda.

Sandra disse...

Rogerio e Luciene,
Vcs nao sabem o qto é importante ler essa parte do blog de vcs! Estou iniciando o processo agora e minha preparaçao com certeza sera melhor com essas dicas.
Sempre tenho a sensação de "o q eu poderia ter feito diferente?". Sei q ficará faltando algo, mas se puder amenizar esses "gaps"...
Continuarei acompanhando as dicas :)
Parabéns pelas boas informações!
Grande abraço, Sandra

Rodrigo disse...

Rogério, fiquei um pouco em dúvida sobre o porque você disse que guardaria mais dinheiro, se pudesse voltar a traz???
Você teve dificuldade financeira???