quinta-feira, abril 26, 2007

Finalmente, podemos comemorar

A caminho do CSQ - parte I

Depois de 6 meses de uma angustiante espera, e também de um imenso esforço pudemos ouvir: Vous êtes accepté!!!

Para aqueles que estão começando, uma palavra: Tem que querer REALMENTE imigrar.

Para aqueles que estão no processo e que acham que não conseguirão,uma palavra: Acreditem que é possível.

No nosso caso, tudo ia contra. Como este relato é muito grande, resolvemos dividí-lo em partes. Nesta primeira parte vou tentar relatar a preparação que fizemos para a entrevista.

Vamos aos fatos. Nosso processo é por Quebec.

Tenho 42 anos (ou seja, estou muito acima do que eles dizem que querem) e minha esposa tem 32 anos. Trabalho como gerente de projetos em tecnologia, tenho pós-graduação e várias certificações.

Minha esposa é formada em técnica contábil e tem uma grande experiência em comércio.

Quando começamos, em outubro de 2006, a avaliação (segundo o site de imigração Brasil-Québec) que fizemos foi bastante produtiva, mas com o passar do tempo, as coisas foram se complicando.

Inicialmente, não iríamos incluir nossos filhos (de outros casamentos) no processo. Nosso plano inicial era imigrarmos sozinhos primeiro e depois de estarmos estabilizados, faríamos o processo de imigração dos meninos.

No final do ano passado, em contato com o Bureau de Imigração, tivemos a "dica" de incluir nossos filhos sob pena de não conseguirmos o CSQ. A pontuação que tinhamos não era suficiente pelo novo modelo. Isto foi o primeiro obstáculo que enfrentamos.

Quando nós iniciamos o processo, as regras eram outras. O limite de idade ia até 45 anos. Em outubro, mudaram o limite para 35 anos, o que nos prejudicava muito. Fizemos uma consulta ao escritório em Buenos Aires e eles nos disseram que a entrevista seria feita pelas regras antigas e que o entrevistador iria fazer o possível para encontrar a melhor maneira de pontuarmos o máximo possível.

Pois bem, fizemos o que nos foi pedido. Incluímos os meus filhos (no meio do processo) e não conseguimos incluir a Amanda (filha da Lu). Isto nos faria perder pontuação, mas mesmo assim continuamos o processo. Isto aconteceu em novembro.

Em dezembro, recebemos um outro e-mail do Escritório de BA pedindo mais alguns documentos, dentre eles um que comprovasse o nosso nível de francês. Desta primeira vez, eles nos pediram que comprovássemos um mínimo de 200 horas de francês.

Como não tínhamos todas estas horas, começamos a maratona de estudos de final de ano. Nos matriculamos em um curso intensivo diário em janeiro. Além disto, contratamos um professor particular para complementarmos os estudos. Resumo da ópera, passamos janeiro e fevereiro estudando muito.... mas muuuuiiiiiittttttoooo mesmo.

Em fevereiro, conseguimos atingir as 200 horas, juntamos os comprovantes e enviamos para BA. Uma semana depois, chegou um novo e-mail dizendo que os comprovantes nâo eram suficientes e que deveríamos apresentar um único certificado que comprovasse o nível INTERMEDIÁRIO e com 200 horas. E detalhe, o atestado tinha que ser de uma instituição reconhecida pelo governo de Quebec, ou seja, Aliança Francesa. Este atestado deveria ser entregue no dia da entrevista.

Haja paciência... haja perseverança.... haja determinação....
Marcamos o teste de nivelamento na Aliança Francesa. Por um lado foi bom para praticarmos a entrevista.

Dica para os amigos: Se puderem, façam este teste de nivelamento. Ele conta muito e é um simulado da entrevista (guardadas as devidas proporçöes....).

No final de março, quando já achávamos que estava tudo certo, outro e-mail:

Agora eles nos pediam que juntássemos mais uma foto de passaporte de cada um dos meus filhos.... e lá vamos nós correr para tirar mais fotos.

Durante todo este tempo, estávamos ligados em tudo o que acontecia na comunidade do Yahoo CanadaImigration. Líamos as entrevistas, os relatos e as experiëncias dos demais candidatos. Isto nos ajudou muito.

No início de março comecei a fazer o projeto de imigração.....

Mas isto será contado na segunda parte desta novela.....
Abraços
Rogério

2 comentários:

Anônimo disse...

Rogério e Luciane

Parabéns pelo CSQ!!!!

Tinha certeza que vocês iam passar... Aquele plano de projeto ficou fantástico!!!

Agora é só esperar pelo pedido do exame médico (o meu deve estar quase chegando, estou completando 5 meses de e-cas na semana que vem).

Rogério, no sábado vou lhe dar os parabéns pessoalmente (na aula).

Um enorme abraço,

Fabiano

personal disse...

Vcs não sabem como torcemos por vcs.
Até uma vela eu ascendi :)
Afinal vcs esse CSQ é muito merecido por vcs.
Pois vcs além de serem pessoas maravilhosas, se esforçaram muitooooo!!!
Só esperamos que possamos relamente ser vizinhos
Um grande abraço,

Alexandre e Valéria