domingo, julho 19, 2009

Brasileiros aproveitam política e viram 'imigrantes de luxo' no Canadá

Há muito tempo que eu venho escrever sobre este assunto mas sempre estava adiando.

Hoje quando entrei no site Globo.com me deparei com esta reportagem na primeira página e resolvi que este é o momento de colocar um pouco meu ponto de vista.

Quero deixar bem claro que esta é a MINHA OPINIÃO, ou seja, é claro que outras pessoas poderão pensar diferente e em se tratando de opinião, não está baseada em pesquisas científicas nem estudos acadêmicos. Relata apenas a minha experiência e os fatos observados por mim durante o período em que estamos vivendo aqui no Canadá.

Outra coisa: este não será apenas um post. Quero dividir este assunto em vários posts pois como se trata de um assunto bastante abrangente, não vai dar para escrever tudo de uma vez.

Como primeiro ponto quero dizer o seguinte: Não concordo com o título da reportagem. Não acho que somos imigrantes de luxo. O fato de que a maioria dos brasileiros que estão imigrando para cá terem cursos superiores, serem profissionais qualificados, terem um bom nível cultural não nos torna um artigo de luxo.

Só quem já passou pelo processo e já está aqui há algum tempo sabe o que significa este passo de sair do seu país (à princípio com uma certa estabilidade financeira e profissional) e vir se "aventurar" um outro país tendo que recomeçar tudo de novo.

A palavra LUXO para mim, tem um significado diferente. Segundo o dicionário, luxo significa superfluidade aparatosa; ostentação; gala; pompa. Ou seja, algo DESNECESSÁRIO, SUPÉRFLUO.

Será que realmente os imigrantes brasileiros são um luxo aqui no Canadá?

Bem, esta será a minha tese: nós não somos artigos de luxo, ao contrário, somos artigos de primeira necessidade. Quando falo "somos" me refiro aos imigrantes. Quando falo imigrantes, me refiro àqueles que estão vindo para cá de forma legal, permanente e com objetivo de recomeçar a vida. Não estão inclusos os estudantes, imigrantes ilegais, refugiados, interessados em burlar a fronteira americana, etc, etc.

Imigrante para mim é aquele que sai do seu país de duas maneiras: ou ele é obrigado a sair, no caso daqueles que estão vindo de países que estão em guerra, ou aqueles que realmente não estão satisfeitos com o seu pais e buscam uma melhor qualidade de vida em outro país (que é o nosso caso).

Mas tenho muita coisa pra falar... vou fazer isto com calma...

Por enquanto, leiam a reportagem que mostra o meu grande amigo Fabiano no site da Globo.

Grande abraço à todos.

8 comentários:

Fernanda disse...

Gostei muito da reportagem, mas também concordo que os brasileiros não são imigrantes de luxo. Mas de todas as reportagens da Glogo que li, ao meu ver, esta foi a mais realista. Gostei quando deixaram claro que para imigrar é necessário ter formação superior, conhecimento em pelo menos 1 dos idiomas do país. Enfim, mostrou que o sistema de imigração é aberto, porém organizado. Também sou totalmente contra a imigração ilegal. Aqui em SP há muitos imigrantes ilegais (chineses, bolivianos, peruanos, paraguaios, etc) e infelizmente este tipo de imigrante só não trás benefícios para a nossa economia.....

Abraços
Fernanda

Goldman disse...

Oi Rogério, tudo bem? Não tinha visto este artigo ainda. Só queria adicionar o seguinte: a palavra luxo também pode ser interpretada como alguma coisa de qualidade superior. Desculpe me meter no seu post. Um grande abraço.

Goldman disse...

Oi Rogério, tudo bem? Não tinha visto este artigo ainda. Só queria adicionar o seguinte: a palavra luxo também pode ser interpretada como alguma coisa de qualidade superior. Desculpe me meter no seu post. Um grande abraço.

Anônimo disse...

"Não acho que somos imigrantes de luxo."
Para alguns a vida é um luxo, em tres meses arrumar um emprego na área é uma "joia"
Eu por exemplo tive que usar a assistencia social, ser olhado tanto pelos funcionarios do governo e principalmente por outros brasileiros como um "safado" que nao quer trabalhar.
Para nao ser despejado do ap tive que ir colher morangos e ganhar 18 dolares por dia.

É A VIDA NAO É UM LUXO

Ilha e Bibi disse...

Prezado Rogério, sua opinião é a mesma que a minha, acredito ainda que o fundamento da reportagem seja um mero desconhecimento de tal situação dos imigrantes brasileiros.

Abraços,
Ilha.

2much-ice disse...

Oi Rogério,

Concordo em tudo com o seu ponto de vista.
Além de não sermos imigrantes de luxo p/ país, também não é luxo nenhum deixar todos aqui e ir tentar a vida em outra cultura ( por mais preparados que estejamos )
Se pararmos para analisar, existem imigrantes com um baita currículo e experiência, imigrantes com nem tanta experiência e imigrantes jovens, formados com 2 ou 3 anos que querem simplesmente recomeçar a vida ai, como relata a entrevista e a razão para esses imigrantes sairem daqui do BRA p/ irem p/ CAN ou p/ qq lugar são as mais diversas...e não apenas um luxo.
Eu e meu esposo por exemplo , somos bem novos 23 e 26 anos temos uma neném de 3 anos, formados, trabalhamos em nossas áreas aqui no BRA e desejamos melhores oportunidades de vida. Segurança. Novas culturas. Qualidade de vida. etc.
Aliás, fazemos parte do processo federal, e fomos chamados p/ uma entrevista...unbelievable !!!
E com certeza explicaremos todas essas razões.
Belo post!

Abraços
Ninha e Do

Marilena disse...

Olá Rogério,

gostei muito da reportagem e até escrevi sobre ela no meu blog também. Talvez o título tenha sido infeliz mas acho que eles tentaram passar a idéia de que são poucos os que preenchem os requisitos mínimos. De certa forma o Canadá só está interessado nos melhores profissionais.

Luciana disse...

Olá Rogério e Luciane,

Apesar da Reportagem ter sido boa, realmente o título é infeliz...
A minha opinião é bastante parecida com a sua e nào me sinto bem sendo tratada desta maneira... luxo pra mim é aquilo que está acima do necessário, portanto não é necessário para nada é apenas um complemento...

Grande abraço

Luciana e Edimar